sábado, 5 de janeiro de 2008

"28 Dias"-2000

O filme é de Betty Thomas, professora que se tornou realizadora na década de 90 (realizou o biopic de Howard Stern , de 1997, "Private Parts"(o Paul Giamatti está demais nesse filme, já agora). 28 Dias é de 2000.
Se bem que não se possa dizer que é uma obra-prima (nem por sombras), ele não é, contudo, um mau filme. Se bem que Viggo Mortensen seja usado mais como adereço que outra coisa (até custa a acreditar que um actor daquele calibre tenha sido tão mal aproveitado), a interpretação de Sandra Bullock é de grande categoria ( passou alguns dias numa clínica de reabilitação, para se preparar para o papel, e só posso dizer que valeu a pena!). Se bem que se percam 104 minutos no/do dia, para mim, pelo menos não foram 104 minutos mal passados ou em vão. A história é a de uma escritora que é confrontada com a cadeia se se recusar a fazer reabilitação. Escolhe a clínica e lá conhece um variado leque de pessoas com as quais estabelece ligações, e são essas ligações e relações que fazem o filme. Na fotografia, Sandra Bullock e Azura Skye.

Nenhum comentário: