sábado, 10 de abril de 2010

10.000 Anos Depois Entre Vénus e Marte




Pode-se ouvir o álbum inteiro, aqui

10 comentários:

Álvaro Martins disse...

Pode-se dizer que é o único álbum de José Cid, o resto... por amor de deus.

João Palhares disse...

Ele é capaz do muito bom e do muito mau e este álbum é excelente, eu acho. O resto são "bananas" e "favas com chouriço" mas até têm a sua piada, eheh...
A fase mesmo "pimba" é que é insuportável. Para isso ouço o Quim Barreiros...

Álvaro Martins disse...

Isto foi um momento lúcido do homem :)) Depois entrou numa espiral de "bebdeira" eheheh ;)

João Palhares disse...

É para aí isso, sim... :)

João Palhares disse...

Esta aqui também não é nada má: http://www.youtube.com/watch?v=i1ltkMpuT_I&feature=related
É anterior a este álbum...

Pedro disse...

É pá, este álbum é fabuloso. Genial mesmo. Pena ele ter-se encaminhado para o que todos conhecemos.

João Palhares disse...

Também adorei o álbum, Pedro. Aliás, fez-me ganhar muito respeito pelo Zé.. :)

Pedro disse...

Tal como eu. Eu desde sempre soube quem era o José Cid, mas só conhecia aquela faceta dele.

José disse...

Gosto muito deste álbum.

João Palhares disse...

Este álbum há-de assegurar um lugar na Música portuguesa, um dia destes... pelo menos, assim o espero.