segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Planos (XIV)

























"Vera Cruz", de Robert Aldrich

4 comentários:

Álvaro Martins disse...

E que tal é?

João Palhares disse...

Gostei, gostei. O Cooper e o Lancaster, juntos, colidem e o filme explora isso, exactamente. É um filme sobre a colisão de dois titãs, com crenças e ideiais diferentes sobre um conflito armado (O Lancaster é o lado inconsciente e mítico do Oeste e o Cooper a consciência e a moralidade, ou algo assim). Estava à espera de mais (li o Godard a celebrar efusivamente o filme) mas gostei. E gostei muito deste plano, acho que diz tudo sobre a personagem do Lancaster. Só uma ameaça daquele calibre é capaz de o deter, eheh, além do movimento de câmara que é um espectáculo..

ze alberto disse...

Olá João,

Gostei bastante desta sequência de imagens, um efeito mto interessante. Não vi o filme, por isso, do Lencaster me apetece recordá-lo num filme também passado no Farwest, o excelente "Os profissionais" do R. Brooks em que ele se sai muito bem. Penso que é ele que diz: "Há mulheres que transformam rapazes em homens, e outras que transforma homens em rapazes!". Ta tão engraçado quanto profundo.

Abraço!

Zé alberto, colaborador do Blog (Cenas Gagas)

João Palhares disse...

Já não me lembro muito bem desse filme mas, sim, o Lancaster interpretou muitas vezes crianças em pele de adulto, digamos assim. Dos filmes de piratas aos westerns. A minha interpretação preferida dele é a de Elmer Gantry, esse filme fabuloso. Sobre o poder da palavra e da religião, da retórica da propaganda e do fanatismo.