sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A obra-prima de Brian de Palma


- - >



























Snake Eyes (1998)

11 comentários:

O Narrador Subjectivo disse...

A obra-prima não será, mas lá que tem planos prodigiosos, isso tem.

Álvaro Martins disse...

Sim, também não direi "a obra-prima" mas que é um grande filme lá isso é. E mais do que a interpretação do Cage é a do Sinise que me surpreende.

João Gonçalves disse...

Completamente subvalorizado. O De Palma sofre do mesmo, toda a sua carreira é subvalorizada.

João Palhares disse...

Mais do que planos, meramente, tem um controlo prodigioso sobre o espaço e o tempo. É uma coisa tão fluída e 'camuflada' que se tende a esquecer que custou perto de 80 milhões de dólares e que tem uma sequência inicial que deve ter sido um inferno para pôr em prática - um plano em sequência com centenas de figurantes, que, apesar de o de Palma dizer que foi feito em três secções (há dois cortes que são notórios), tem movimentos rápidos de câmara em que era se calhar possível fazer "magia" em pós-produção, o que não o torna menos arrojado.

De resto, tem planos que duram minutos espalhados pelo filme e a construcção é de uma consistência avassaladora. É um thriller, que era coisa muito em voga na altura, e que por comparação com outros, "merece" comentários destes:

'The beginning is really cool, and there looks to be a great, convoluted conspiracy plot developing. But there isn't -- your first guess might not be right, but your second one will be, and there's no surprises from there. The ending is particularly lame, with a series of coincidences standing in for an actual plot.'

E isto, para mim, é o maior elogio que se pode fazer ao filme. Quer dizer que a perícia e o arrojo formal não se denunciam, como nos filmes do Noé, por exemplo, só o encontra quem o procura.

Há muitíssimo bons filmes na obra do de Palma, mas acho que não tem filme tão consistente e coeso como este. Talvez só o 'The Black Dahlia'..

O Narrador Subjectivo, qual é que achas que é a obra-prima dele, já agora? :)

João, é muito verdade isso, e principalmente os filmes que vão do "Raising Cain" ao "Mission to Mars". Este último vi há pouco tempo e é um filme extraordinário..

João Palhares disse...

O teu comentário foi para o spam, não sei porquê, Álvaro. Pergunto-te o mesmo que perguntei ao narrador subjectivo..

O Narrador Subjectivo disse...

Carlito's Way :) Pode ser uma história banal mas consegue ter muita ressonância e é tecnicamente complexo mas envolvente. Em 2º o Obsession. Muita classe.

Sam disse...

É bom ver a opinião positiva que a blogosfera possui em relação a SNAKE EYES.

Também é um dos filmes de Brian de Palma de que mais gosto - e coloco como sua obra-prima BLOW OUT.

Cumps cinéfilos.

João Palhares disse...

O Carlito's Way e o Blow Out também já foram os meus preferidos. Tenho que rever o segundo. E ver o Obsession!

Álvaro Martins disse...

Ou o Carrie ou o Casualties of War, mas ainda me faltam ver uns quantos dele.

Loot disse...

A obra-prima também não sei qual é mas adoro o snake eyes.

Realmente é um filme muito esquecido e também é bom ver que alguém também gosta do casualties of war :)

João Palhares disse...

Um top 5, assim à pressa:

1. Snake Eyes
Raising Cain
Carlito's Way
Body Double
Mission to Mars