terça-feira, 9 de novembro de 2010

Cinemateca, 22h



O filme mais mágico e doce dos anos 70. Chamam-lhe o mais acessível dos filmes do Rivette, e é bem possível que seja, mas está repleto de segredos. É uma trip imagética e sensorial e o guião a brincar aos guiões dentro de guiões é simplesmente maravilhoso. Aqueles 10 minutos iniciais são os mais belos do Cinema.

2 comentários:

Dezito (André Sousa) disse...

É este o filme que tem referências a Alice no País das Maravilhas ?

João Palhares disse...

Sim, é uma espécie de variação do Alice no País das Maravilhas. A Céline funciona como o coelho branco para a Julie. Mas Alice, são as duas. :)
http://www.dvdbeaver.com/rivette/OK/phantomint.html
(entrevista ao Rivette)